SEIKO SEIKO

Esmalte

Com origens no Ocidente, a técnica do esmaltado consiste na aplicação de um composto de vidro sobre a superfície de materiais como metal, e é depois exposto a altas temperaturas para formar um revestimento vidrado.

Pelo seu brilho único e pela sensação cálida que transmite, o esmalte permite criar um mostrador apelativo cuja cor pode durar mais de um século.

Mitsuru Yokozawa, Artesão do Esmalte

Um artesão veterano, Mitsuru Yokozawa começou a trabalhar com esmalte em 1968, quando integrou a empresa Fuji Porcelain Esmalte Co., Ltd.. Graças à aplicação de dados quantificáveis às técnicas que cultiva há mais de 40 anos, o Sr. Yokozawa conseguiu aumentar a capacidade de reprodução de técnicas artesanais de elevada qualidade.
Desenvolveu também uma acuidade visual que lhe permite trabalhar sobre superfícies revestidas que se medem em fracções de milímetro.

Enquanto a maioria dos produtos esmaltados tem dimensões à volta dos 10cm2, os mostradores usados nos relógios Seiko são bastante mais pequenos, com os seus cerca de 3 cm de diâmetro. Impõem também limitações desafiantes devido à sua espessura e uniformidade. O Sr. Yokozawa é o único artesão no Japão capaz de aplicar esmalte sobre uma superfície tão delicada quanto um mostrador Seiko.

Antes da Aplicação do Esmalte, o Processo de Produção

  • Dar Forma à Superfície do Mostrador

    Nesta fase, cortam-se, carimbam-se e enformam-se metais como cobre e ferro, que são depois soldados para criar a forma básica do mostrador. O ferro usado nos relógios Seiko é produzido numa fábrica à parte, de onde é enviado para o Sr. Yokozawa.

  • Pré-tratamento

    A base do mostrador é primeiro coberta com um óleo para prevenir a oxidação. O óleo é removido na fase de pré-tratamento, e o mostrador passa por uma lavagem com ácido, um tratamento com níquel e, finalmente, um tratamento neutralizador. Esta fase crítica pode ter um impacto durador na qualidade final do produto esmaltado.

  • Produção do Esmalte

    Ao produzir o esmalte para o mostrador, uma alteração mínima nas proporções dos vários compostos de vidro usados pode afectar o resultado final de forma drástica. É necessário um vasto conhecimento do processo para produzir o esmalte mais adequado à sua finalidade.

  • Aplicação do Esmalte

    Uma vez preparado, o esmalte pode então ser aplicado sobre a superfície do mostrador. Uma vez que este é muito sensível a alterações na temperatura e na humidade ambientes, o Sr. Yokozawa altera a composição de acordo com as condições meteorológicas. Alterações no processo de aplicação podem também resultar em diferenças no produto final, o que torna o conhecimento e a experiência ainda mais cruciais.

  • Cozedura

    De seguida, o mostrador revestido com o esmalte é cozido num forno. A duração e a temperatura da cozedura são regulados de acordo com as condições meteorológicas.

  • Inspecção e Expedição

    Despois da cozedura, o mostrador esmaltado é inspeccionado. Realiza-se um exame minucioso para garantir que o esmalte é uniforme e não tem quaisquer imperfeições, por mais ínfimas que sejam. Depois de passar na inspecção, o mostrador é preparado para expedição, para ser depois usado como componente de um relógio.

Domínio da Arte através da União entre a Mente, os Olhos e o Corpo